fbpx

Meditação

Alegria, o grande presente de Natal

Publicado em: setembro de 2019 | Categorias: Meditação

Como a alegria verdadeira pode inundar as nossas vidas? Como essa alegria chega até nós? O que é alegria? Alguém definiu alegria como sendo o remédio de Deus e que todos deveriam usá-lo. Alegria é a força que vem de Deus para enfrentar todas as circunstâncias da vida. Não é algo emocional e nem provém das minhas condições humanas ou financeiras. Alguém pode roubar meus bens, mas não minha alegria. Ela é algo que vem do interior do coração e não da aparência ou circunstâncias.

Como a esperança e a paz, a alegria genuína também vem de Deus. Não é preciso sair de férias nem ganhar um lindo presente de Natal para se ter alegria. Quando o nascimento de Jesus fora anunciado aos pastores que cuidavam dos rebanhos nos campos, de repente a glória do Senhor veio sobre eles. Exatamente onde nós estamos Deus pode se manifestar com sua presença e encher o nosso coração de alegria. Portanto, a alegria vem de Deus. E a mensagem do anjo aos pastores foi: “Não temais; eis aqui vos trago boa nova de grande alegria, que o será para todo povo; é que hoje vos nasceu, na cidade de Davi, o Salvador, que é Cristo o Senhor” Lc 2:10 .

Que boa nova, que notícia incomparável e maravilhosa!!! Essa é a notícia que gera e traz a alegria genuína ao coração do homem e da mulher que crê em Deus. É o grande presente de Natal para toda a humanidade, o Cristo encarnado, o Filho Unigênito de Deus que morreu e ressuscitou para nos dar vida.

Quando os pastores foram verificar a notícia do nascimento do Salvador, eles encontraram Maria, José e o menino Jesus na manjedoura. Aquela alegria era para ser compartilhada, divulgada com as pessoas. Era a boa nova não apenas para os pastores, pois não é uma alegria egoísta. O anjo disse aos pastores, que a boa nova de alegria era para todo o povo.  E no mesmo capítulo 2: 17,18 o evangelho afirma: “E, vendo-o, divulgaram o que lhes tinha sido dito a respeito do menino. Todos os que ouviram se admiraram das coisas referidas pelos pastores”.  O povo precisava e continua precisando ouvir a grande mensagem de alegria. Vamos compartilhar a milhares e milhões de vidas, que a alegria do Natal, a alegria da salvação está aqui, está entre nós. Esse é o melhor presente que uma pessoa pode receber.

Alegria é o reflexo de Deus em nossas vidas.  Se a compartilharmos era vai inundar e derramar sobre a vida de todos ao nosso redor. Alegria não é depender de coisas passageiras e efêmeras, mas é depender de Deus e confiar inteiramente Nele. Todos podem encontrar a alegria que Deus proporciona. A condição para adquiri-la não é ter dinheiro na conta bancária, nem ter fama, inteligência ou privilégios que este mundo oferece. Jesus disse aos seus discípulos: “Como o Pai me amou, também eu vos amei; permanecei no meu amor. Tenho vos dito estas coisas para que o meu gozo esteja em vós, e o vosso gozo seja completo” João 15; 9 e 11.

Alegria é uma questão de decisão. Você pode escolher ser uma pessoa triste, amarga, frustrada, cínica, desanimada. Mas a história do Natal é a boa nova de grande alegria para todos nós. Tome a decisão de ser uma pessoa alegre e feliz caminhando e vivendo com Jesus não apenas nesse Natal, mas em toda sua caminhada de vida. Deus o abençoe!