Meditação

O princípio da honra aos pais

Publicado em: novembro de 2018 | Categorias: Meditação

Neste dia especial desejo trazer ao coração dos filhos e também dos pais, uma palavra de encorajamento, para que haja paz, entendimento e alegria no relacionamento entre pai e filho ou filha. O apóstolo Paulo relembra o quinto mandamento que Deus deu a Moisés lá no Antigo testamento ensinando sobre a honra.

Honrar pai e mãe é um princípio estabelecido por Deus que não “sai de moda” como poderíamos dizer, e quando ele é negligenciado a família sofre e pode entrar em colapso. Honrar o pai é mais do que obedecer. Implica em respeitá-lo, demonstrar amor por ele, não abandoná-lo nos dias da velhice. Quantos filhos ignoram os pais quando estes se tornam idosos, se esquecem de tudo que fizeram por eles e não tem paciência sequer para ouvi-los. Coelho Neto escreveu: “Um pai, ainda o mais pobre, tem sempre uma riqueza para deixar ao filho: o exemplo”.

Lembro-me de quando era menino adolescente e morávamos em uma pequena cidade, quando se costumava comprar “fiado” no armazém de secos e molhados, para pagar a conta só no final do mês. Era para mim motivo de grande orgulho, quando chegava com o cheque do meu pai assinado, para pagar a despesa mensal e ouvir o proprietário do mercado dizer: “esse cheque menino, vale ouro …. Aquilo enchia meu coração de alegria e eu ia para casa saltitando feliz pelo elogio e pelo pai que eu tinha.

O mandamento bíblico é que os filhos honrem seus pais. Honrar vai além de obedecer. Honrar é dar crédito ou merecimento; é dignificar, enobrecer, estimar, falar bem. Honrar os pais é entender, que mesmo que minha vontade não seja feita, eles querem o melhor para minha vida. Uma coisa é ouvir um “não” do pai e ficar emburrado, sair resmungando ou batendo portas; outra coisa é ouvir um “não” e ter a humildade de respeitar e acatar a palavra dele.

É interessante observar novamente o texto de Ef 6:2,3: “Honra teu pai e tua mãe, para que te vá bem, e sejas de longa vida sobre a terra”. E a promessa como escrita na Bíblia Viva é: “Se você respeitar seu pai e sua mãe, você terá uma vida longa e cheia de bênçãos”. É certo que nem sempre filhos que obedecem e honram pais piedosos tenham uma vida longa, contudo é um fator muito importante para uma vida abençoada e feliz. A desonra e a desobediência conduzem sim, a uma vida indisciplinada que pode levar a uma vida curta e triste. Onde não há harmonia e falta de entendimento entre pais e filhos o caos pode ser vivido. O livro de Provérbios é repleto de conselhos para um bem viver e diz: “Ouve, filho meu, e aceita as minhas palavras, e se multiplicarão os anos de vida” e “Filho meu, atenta para as minhas palavras; aos meus ensinamentos inclina os ouvidos” P v 4:10 e 20.

Filhos, sejam gratos pela vida de seus pais e demonstrem sua gratidão na maneira de viver no dia a dia. Sejam amáveis para com eles e honrem aqueles que lhe deram a vida e poupem a si mesmos de sofrimentos e lágrimas no futuro.

Que Deus abençoe sua vida pai e Deus abençoe sua vida filho e reine o amor, a paz e a alegria em cada lar!