Meditação

Um Caráter Nobre

Publicado em: julho de 2018 | Categorias: Meditação

Quantas pessoas seguem a multidão sem parar para pensar o real sentido daquilo que estão fazendo. Quantos justificam uma atitude errada afirmando que aquilo é algo que todo mundo faz e por isso não veem problema nenhum em fazer também. É muito fácil ser influenciado pela “psicologia de multidão” e cometer atos de injustiça. Há um ditado popular que diz: “A voz do povo é a voz de Deus”. Mas isso não é verdadeiro! Jó, o personagem bíblico no Antigo Testamento, era um homem justo e piedoso, que sempre demonstrou um caráter integro em toda a sua maneira de ser e viver. Ele vivia em retidão e justiça como descreve o capítulo 31 de Jó, sua vida era um livro aberto e não era um hipócrita, e nem vivia com medo de ser desmascarado por alguém como um homem de Deus que ele era. Com sua consciência em paz e inocente das acusações que recebera, Jó afirma: “Porque eu temia a grande multidão e o desprezo das famílias me apavorava, de sorte que me calei e não saí da porta” Jó 31:34 (Bíblia Shedd).

A lei dada por Deus a Moisés sobre o testemunho falso e a injúria são muito claras quando diz: “Não acompanhe a multidão na prática do mal. Quando prestar depoimento numa demanda judicial, não torça o direito para favorecer a maioria” Ex 23: 2 (BV). Existe a injustiça coletiva e é muito fácil, quando não se tem um caráter íntegro e honesto, firmado na Palavra de Deus, se deixar levar pela influência da multidão e ser injusto e concordar com o erro e a vingança do inocente. Com Jesus não foi diferente! Inocente e sem cometer crime algum contra a sociedade, o acusaram de várias injustiças, enquanto Barrabás, um grande criminoso, ladrão, homicida, bandido que só prejudicou a sociedade de então,  fora solto por ocasião da Páscoa. E isto porque Pilatos quis agradar a multidão que gritava: Crucifica-o, crucifica-o e Jesus foi crucificado e morto em lugar do criminoso.

Uma sociedade que procura agir de maneira justa e digna diante de Deus e dos cidadãos é composta de homens e mulheres que têm moral, cujo caráter é moldado pela verdade, amor, altruísmo, temor, respeito ao próximo, e tantas outras qualidades que fazem parte do seu ser interior. O que realmente importa é o quão humilde a pessoa é em seu coração. E como alguém afirmou: não existe maior pobreza do que uma pessoa que é pobre de caráter.

Encontramos em Davi, ao longo de sua caminhada, quer como um cuidador de ovelhas de seu pai Jessé, ou como rei de Israel por quarenta anos, um caráter íntegro e um coração humilde disposto a reconhecer seus erros, arrepender-se e confessá-los diante de Deus. O salmo 15 descreve assim o homem de caráter que agrada a Deus e herdará o Reino do Céu: “O que vive com integridade e pratica a justiça, e, de coração, fala a verdade; o que não difama com sua língua, não faz mal ao próximo, nem lança injúria contra o seu vizinho…” Salmo15:2,3. Vivemos dias em nossa nação, que mais do que nunca, precisamos de homens e mulheres de caráter nobre e pensamentos elevados que sejam centrados na Lei de Deus, a Sua bendita Palavra. Abraham Lincoln afirmou: “ O poder de uma nação reside no caráter dos seus cidadãos” E o salmista escreveu: “ Feliz a nação cujo Deus é o Senhor…” Sl 33:12a. Deus que é Onisciente, sempre sabe, qual é a nação ou as pessoas que realmente O temem e O reverenciam!

Rev.Osni Ferreira