fbpx

Meditação

Você está construindo sobre a Rocha ou sobre a areia?

Publicado em: agosto de 2019 | Categorias: Meditação

“Todo aquele, pois, que ouve estas minhas palavras e as pratica será comparado a um homem prudente que edificou a sua casa sobre a rocha; E todo aquele que ouve estas minhas palavras e não as pratica será comparado a um homem insensato que edificou sua casa sobre a areia”. Mt 7:24 e 26

Todos nós desejamos segurança ao adquirir um apartamento ou uma casa para morar. Pensando nisso precisamos prestar muita atenção no imóvel que porventura venhamos a adquirir.

Todo edifício deve ser construído sobre alicerces sólidos de ferro, concreto, aço e outros elementos que só os engenheiros da construção civil sabem muito bem definir.

Imaginem só quanto maior deveria ser a nossa preocupação em relação à nossa casa ou edifício espiritual, que estamos construindo para a eternidade. Jesus no final do Sermão do Monte, falou sobre os dois fundamentos, comparando a construção feita pelo homem prudente, que sabiamente edificou sua casa sobre a rocha, e o homem tolo, insensato, que construiu sua casa sobre a areia. Embora ambas as construções sejam semelhantes e pareçam ser seguras, é somente quando vem uma tempestade ou vendaval, que se vê a fragilidade da casa construída sobre a areia, pois sua ruína é certa. O indivíduo que edificou sobre a areia precisou de muito pouco esforço para construir sua casa.

Pense em você mesmo andando sobre a areia branca da praia. A areia é movediça, insegura e não oferece nenhuma estabilidade e JAMAIS oferecerá uma base sólida para qualquer tipo de construção. As pessoas que constroem na areia são comparadas àquelas que ouvem o evangelho, mas não creem no sacrifício de Cristo na cruz e Sua obra redentora. E, ao invés de aceitar a fé em Jesus, elas acham que podem edificar suas vidas nas areias movediças da filosofia humana, das crenças religiosas, na vontade própria, na autossuficiência, na justiça própria e assim por diante.

É uma religiosidade que aparenta ser boa, mas que não tem poder para salvar a alma, conforme o apóstolo Paulo afirma em 2 Timóteo 3:5: “tendo forma de piedade, negando-lhe entretanto, o poder. Foge também destes.” Constroem na areia porque é fácil e não precisa nenhum esforço, ou seja, não requer compromisso, nem sacrifício e nem fé. Quando Deus requer algo desses construtores e os convida a renderem-se à Sua vontade e Seu senhorio, eles apresentam todo tipo de desculpas e fogem dos ensinos da Bíblia.

Aqueles que constroem sua casa na Rocha são as pessoas que ouvem o evangelho, creem nele e edificam suas vidas em Cristo. São essas pessoas que vão permanecer firmes, porque suas vidas estão arraigadas na Palavra de Deus e no evangelho da graça. O construtor cavou fundo e pôs os fundamentos de sua vida, em algo que é muito mais forte e maior do que ele mesmo; que crê e entende que Jesus morreu pelos seus pecados, ressuscitou da morte e tem poder para salvar todo aquele que se render ao Seu senhorio. Portanto, a casa espiritual do cristão é edificada sobre a Rocha, que é o Senhor Jesus Cristo. Nele o cristão deve estar enraizado e radicado, aprofundando a sua fé e crescendo em maturidade cristã.

Quer queiramos ou não! Enquanto estamos aqui neste mundo estamos construindo uma casa espiritual. A cada dia estamos fixando um tijolo, uma tábua, um prego e a casa vai sendo levantada e poderá estar ficando muito bonita aos nossos olhos. Mas vale a pena pensar e refletir: sobre qual fundamento você está edificando sua casa espiritual: na Rocha ou na Areia?