Novidades

Campanha 1.000 vidas para Cristo!

Publicado em: maio de 2021 | Categorias: Novidades

CAMPANHA MIL VIDAS PARA CRISTO

 

Alegrai-vos, antes, por estarem vossos nomes escritos nos céus!

(Lucas 10:20)

 

Que alegria podermos trabalhar para o Senhor e estarmos envolvidos com aquilo que é prioridade no coração de Deus: a salvação de vidas.

De fato, o “Ide”, que nos faz angariar almas para o Reino de Deus, deve sempre ser motivo de regozijo, de celebração e de contentamento, pois é nesse movimento de evangelização que nós, discípulos e discípulas de Jesus, experimentamos a provisão divina e crescemos em comunhão uns com os outros. Pelo menos, foi essa a experiência vivida pelos discípulos quando foram enviados na Comissão dos Setenta.

Pensando nisso tudo, a Igreja Presbiteriana Central, lançou, para o ano de 2016, a campanha “Mil vidas para Cristo”, ou seja, pela Graça de Deus vamos alcançar e fazer, pelo menos, mil novos discípulos para Jesus.

Que bênção! Serão mil vidas a mais que abraçarão o projeto de Deus e que não mais viverão sob o jugo da morte e do pecado, pois a mensagem da Cruz é poderosa para a salvação de todo aquele que crê. E é isso o que, realmente, mais nos interessa, e não simplesmente o número 1000.

Essa Campanha será fomentada dia a dia e também, semanalmente, por meio de algumas estratégias. Na verdade, por meio de alguns símbolos que representarão essa multiplicação.

O primeiro deles é a pulseira “Eu + 1 em Cristo”, que será colocada no braço de cada discípulo que se comprometer em ganhar mais uma vida até novembro de 2016. Assim, no dia do batismo ou do recebimento desse novo convertido, o pai ou a mãe espiritual passarão a pulseira para seu filho na fé.

O segundo símbolo da salvação de vidas e do crescimento da igreja será o painel, que já poderá ser visto a partir do primeiro fim de semana de março, ao fundo do nosso púlpito, no Centro de Adoração. Repleto de lâmpadas, que representam as vidas que serão conquistadas para Cristo, o painel acenderá à medida em que as pessoas forem se convertendo e passarem a frequentar a igreja.

Vale dizer, que a base de toda essa evangelização acontecerá nas células, que estarão plenamente focadas e envolvidas com o alcance da meta.

Portanto, queridos(as) irmãos(ãs), é hora de trabalhar! Precisamos, como igreja, do engajamento de todos. Lembrem-se de que fomos chamados para a frutificação e de que esses frutos devem permanecer. Não há, na vida cristã, um fruto melhor que se possa apresentar ao Senhor do que uma vida salva.